Trabalho acelerado!

Os ambientes corporativos adoram a cultura  do trabalho acelerado, turbolencial, frenesie e finalmente desgaste e doença.

Nos Estados Unidos um estudo mostrou que 40% da população se consideram “workaholics”! O Brasil não fica atrás. Um grande número de funcionários não tiram férias e folgas com medo de perder o espaço. O custo é alto, quanto maior a produtividade, mais doenças!

O equilíbrio adequado entre o trabalho e vida privada pende sempre para o trabalho. O conceito de relaxar é mais amplo, não é tomar uma bebida à beira da piscina mas sim viver os problemas do mundo sem estressar. O relaxamento deve ser físico e mental !

O que o impede de relaxar ?

Os pensamentos de raiva e hostilidade, ruminar as preocupações, manter o stress na mente, pensamentos negativos. Tentar manter uma atividade mental do presente, desligar do trabalho e ligar na vida aqui e agora.

Picture of Carlos Alberto Pastore

Carlos Alberto Pastore

Livre docente do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário