O cérebro possui drogas próprias e
eficientes para o seu equilíbrio

O exemplo do sono é muito interessante pois há um mecanismo fisiológico para dormir.

A melatonina é produzida entre 20 horas e meia noite (glândula pineal) e as pessoas não sabem aproveitar!

É muito comum os indivíduos ficarem nas telas (tv, celular, I-pad, etc. ) estimulando o cérebro e ele não consegue estabilidade para dar início ao sono e relaxamento.

Ficar na tela para esperar o sono só retarda o sono; dormimos pela exaustão e muito tarde. A melatonina já não sobe mais e na madrugada surge um outro hormônio que  irá programar o despertar (cortisol).

O dia seguinte fica difícil, pouco produtivo, com muita irritabilidade e pouca produtividade. Ao tomar medicação para dormir silenciamos os neurônios que têm uma atividade importante (sonhar), quando relaxamos para valer.

A medicação não permite esse processo e acordamos cansados e sem motivação!

Carlos Alberto Pastore

Carlos Alberto Pastore

Livre docente do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário