Exageros da ingestão de proteínas

Os amantes dos exercícios principalmente da musculação são estimulados a ingerir grandes quantidades de proteínas na forma de whey protein, barrinhas, shakes, além é claro dos ovos em quantidades exageradas e a carne. O que não é explicado pelas redes sociais é que a ingestão exagerada de proteínas traz perigos à saúde e o mais importante, não aumenta os músculos.

A quantidade a mais de proteínas ingerida é eliminada pelo organismo pois ele utiliza o que é necessário e descarta o excesso.

A proteína digerida inicialmente no estômago é metabolizada e o que sobra vai para o fígado e se transforma em açúcar e o restante é eliminado na urina. Assim o fígado e os rins podem ficar sobrecarregados.

O abuso das proteinas aumenta o colesterol e aumenta o risco de doenças cardiovasculares.

Carlos Alberto Pastore

Carlos Alberto Pastore

Livre docente do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Facebook
Twitter
WhatsApp

Deixe um comentário