Voltar

Alzheimer e demência, preocupação dos idosos

As demências já são uma das grandes preocupações com o aumento de idosos no mundo.

As demências são caracterizadas pela perda progressiva de memória e de pelo menos uma função cognitiva, como por exemplo orientação espacial e temporal ou organização de ideias. A causa mais comum da demência é conhecida hoje como “Doença de Alzheimer” descrita pelo médico alemão Alois Alzheimer em 1906. São alterações neurológicas capazes de danificar áreas cerebrais vitais para a memória e funções como fala, leitura e escrita. Outra causa de demência pode ser o “Mal de Parkinson”, que se associa à demência em quase 40% dos casos.

A demência que surge por obstrução ou estreitamentos das artérias cerebrais por depósito de gordura, a chamada ateroesclerose (daí o título de esclerosado), leva a uma diminuição de sangue (isquemia) nas áreas cerebrais, prejudicando a função. Esta demência chamada vascular acontece por causa dos “derrames” (acidente vascular cerebral) por vezes múltiplos, como acontecem nos diabéticos e hipertensos mal controlados.

Não se esqueçam que a diminuição da memória e das outras funções do cérebro acontece com a idade, mas a rapidez com que este fenômeno pode acontecer depende de nós. Cuide das doenças crônicas, não exagere na bebida e comida, faça exercícios para o corpo e para a mente.

Não adianta negar, vamos viver muito mais, e precisamos nos cuidar.