Voltar

Quanto mais sedentário, mais doença do coração

A recomendação de fazer exercícios já é bastante conhecida e comprovadamente traz benefícios para a saúde física e mental.

A novidade agora é que ficar sentado por muitas horas traz muito prejuízo ao nosso organismo, como sugerem os pesquisadores da Suécia. O resultado desta pesquisa do Instituto Karolinska afirma que a falta de atividade muscular e ficar muito tempo sentado ou deitado são fatores independentes de risco para doenças. Esta pesquisa vem ao encontro de um estudo publicado por australianos, que avaliou quase 9.000 indivíduos, e mostrou também que ficar na frente da televisão várias horas ou ter uma vida sedentária aumenta em 20% o risco de doenças cardiovasculares, já excluindo os fatores de risco conhecidos como colesterol alto, cigarro e obesidade.

Não há dúvida que com o envelhecimento não podemos ficar parados. É fundamental ter atividade física e mental o dia inteiro para que os nossos músculos e articulações estejam ativos e o sono seja recuperador.

Desta forma, companheiros, não fiquem no sofá, procurem caminhar após as refeições e evitem programas sedentários.