Voltar

Os perigos dos anabolizantes

As pesquisas são categóricas em mostrar que os anabolizantes e a creatina não melhoram o desempenho da atividade física.

O Instituto do Coração e a Escola de Educação Física da USP realizaram um estudo que provou que em 4 meses o anabolizante potencializa em 40% o enrijecimento do miocárdio do ventrículo esquerdo ( a câmara que bombeia o sangue para fora do coração). Este processo em que o miocárdio (músculo do coração) aumenta, enrijecendo o ventrículo esquerdo, é chamado de hipertrofia cardíaca. Com ela, o trabalho do coração (contração e relaxamento) fica prejudicado, diminuindo a capacidade física.

Não há dúvida que estas substâncias aumentam o volume dos músculos mais rapidamente do que o processo normal sem aditivos, que leva até 6 meses. A creatina é uma proteína também fabricada pelo pâncreas, rins e fígado, mas armazenada nos músculos. Sendo moléculas muito grandes, podem agredir os rins, formar cálculos renais quando consumida em excesso.

O processo de utilização de substâncias estimulantes requer cuidados especiais e muita atenção com os efeitos colaterais. Não se automedique, principalmente com energéticos, tônicos e outras medicações que prometem mais desempenho físico.

Procure um especialista ou realize os exercícios naturais, aguardando um pouco mais de tempo para sentir os benefícios.