Voltar

Nova diretriz estimula exercício mais intenso

 

Aquela caminhada de meia hora, três vezes por semana para manter a saúde, evitando pressão alta, diabetes e osteoporose já não resolve os problemas descritos.

A nova diretriz do Colégio Americano de Medicina e esportes mostrou que para a atividade física ter efeito na nossa saúde tem que ser mais intensa, no mínimo cinco vezes por semana. Desta forma algumas orientações antigas, como exercícios 3 vezes por semana, já foram substituídas por exercícios diários ou no mínimo cinco vezes por semana. A atividade deve ser intensa, vigorosa e ir além das atividades de rotina, como limpar a casa, levar o cachorro para passear, etc.

Não há dúvidas que quanto mais exercícios, melhores são os benefícios para a saúde. As atividades físicas visando o fortalecimento muscular e articular, como o Pilates por exemplo, também são estimuladas. Os idosos devem ser estimulados para as atividades físicas regulares e depois de avaliados podem participar de várias modalidades de exercícios, pois nesta faixa etária o benefício é extraordinário.

Não devemos esquecer a frase do Prof. Kenneth Cooper: “quem não conseguir tempo para o exercício vai ter mais tempo para ficar doente”.