Voltar

CAFEÍNA MELHORA O NOSSO DESEMPENHO FÍSICO?

Um novo estudo genético vem explicar as diferentes respostas dos indivíduos à cafeína. O estudo foi realizado com atletas, mas serviu também para nós entendermos porque algumas pessoas tomam café e se sentem bem e têm poucos efeitos colaterais, enquanto outros têm insônia, pressão alta, taquicardia, etc.

Para muitos de nós o café de manhã é fundamental para iniciar o dia, nos estimula e nos ajuda a trabalhar. O que os pesquisadores canadenses mostraram é que o metabolismo mais rápido ou mais lento da cafeína depende de um gene que varia de indivíduo para indivíduo.

Eles demonstraram que 50% dos indivíduos têm metabolismo rápido, 40% moderado e 10% lento. Nos atletas também houve diferenças de performance de acordo com a presença do gene dos pais.

Desta forma, já podemos saber como se comporta o organismo com a presença da cafeína.