Voltar

A diferença entre gripe e resfriado

Até a primavera se firmar, ainda vamos ter que aguentar alguns períodos de baixas temperaturas e alguns resfriados e gripes. Os dois quadros, porém, são diferentes e é importante saber diferenciá-los pois eles evoluem de maneira distinta.

Os resfriados costumam ser mais suaves, não dão dores corporais e a tosse é mais irritativa. Os sintomas mais comuns são: congestão nasal, coriza e dor de garganta. Já a gripe costuma se iniciar de forma súbita e com febre alta que pode durar de 3 a 5 dias. Traz ainda tosse seca, dor de cabeça forte e dores musculares intensas que podem durar até uma semana. Quando estamos resfriados ainda conseguimos trabalhar, mas gripados é bem difícil. A gripe nos leva à exaustão.

Em ambos os casos, é preciso tomar cuidado caso os sintomas se agravem, levando a um aumento do catarro, à persistência da febre alta e da uma tosse noturna que nos impede de dormir. Isso porque outras complicações podem estar em curso: bronquite, sinusite e pneumonia. Idosos, crianças, fumantes e pessoas não vacinadas devem redobrar a atenção e procurar os serviços médicos.