Voltar

O colesterol deixa de ser vilão

Recentemente, o governo americano mudou radicalmente o seu discurso sobre evitar
alimentos ricos em colesterol. Tal afirmação reforça o que outras pesquisas apontam há
alguns anos: não existe relação direta entre a dieta rica em colesterol e os níveis da substância no sangue.
 
Essa nova visão teve e ainda tem grande impacto, pois desde os anos 1970 a dieta
recomendada para doentes com colesterol alto proibia alimentos como ovos, manteiga,
produtos lácteos e carne.
 
Hoje, vê-se o açúcar e os carboidratos como as substâncias mais agressivas para o nosso
organismo. Elas, sim, estariam ligadas aos altos índices de obesidade, diabetes e problemas cardíacos.