Voltar

O que acontece com o nosso corpo quando dormimos pouco

            O processo de adormecer depende da diminuição da luz. A queda da luminosidade ativa o hormônio cerebral melatonina, fabricado na glândula espinhal, e, desta forma, o nosso metabolismo começa a desacelerar, nossa temperatura corporal cai e os hormônios do estresse diminuem sua atividade, nos tirando do estado de alerta e nos deixando mais relaxados.

            As pessoas que têm insônia costumam acordar no dia seguinte irritadas, menos produtivas e mais ansiosas e até mesmo com a pressão arterial elevada. No caso ds idosos, que representam 40% dos insônes, os riscos para a saúde aumentam.

            As causas da insônia são várias, mas a depressão e a ansiedade são as mais comuns. Contribuem também os maus hábitos antes de dormir, como assistir televisão, usar celulares e tablets ou consumir bebidas alcóolicas e fumar.

            A privação de sono tem, portanto, efeito nefasto sobre nosso corpo. A hipertensão é uma das causas que levam ao infarto do miocárdio e ao derrame. Por isso, se você têm problemas para dormir, procure um especialista e faça uma polissonografia, um exame utilizado para diagnosticar distúrbios do sono.

            Para piorar, quem não dorme bem, também envelhece mais rápido!