Voltar

A aspirina na prevenção das doenças cardiovasculares

O ácido acetilsalicílico é um medicamento usado principalmente como antitérmico e anti-inflamatório. No entanto, a partir dos anos 1970 ele também passou a ser utilizado na prevenção de doenças cardiovasculares por ser capaz de inibir a formação de coágulos no sangue.

Ficou assim estabelecido que doses baixas do medicamento – 1 comprimido por dia – ajudariam pacientes vítimas de infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral ou obstruções arteriais a evitar um segundo episódio. No entanto, estudos recentes indicam que os efeitos protetores da aspirina permanecem os mesmo se ela for tomada apenas a cada três dias.

Vale lembrar ainda que ela não é recomendada como medicação preventiva para pessoas saudáveis. A agência americana FDA (Food and Drug Administration) concluiu que os dados científicos não justificam tal administração e salientou que ela traz riscos, como hemorragias gástricas e cerebrais.

O ácido acetilsalicílico também é muito usados pelos cardiologistas logo após um infarto do miocárdio ou uma angioplastia para reduzir as chances de morte ou de uma recidiva.