Voltar

Do que depende nossa longevidade?

O que determina a duração de nossas vidas? A pergunta é de difícil resposta, mas, se nos basearmos nas informações científcas mais atuais, os principais fatores são:

Primeiramente, a alimentação. Comer bem, como o fazem os mediterrâneos, é essencial: muito azeite, legumes, cereais não refinados, frutas e vegetais; um pouco de de peixe, de laticínios e de vinho; e pouquíssima carne.

As pesquisas também falam que os mais longevos praticam exercícios, gostam de ler, têm casamentos felizes e duradouros e costumam ir ao médico regularmente.

Eu acrescentaria ainda outras sugestões como evitar o estresse no trabalho e buscar uma perspectiva positiva para a vida, com metas realistas e sem levar tudo muito a sério.

No entanto, mesmo se seguirmos uma boa parte dessa cartilha, há um fator sobre o qual temos pouco controle - pelo menos por enquanto: a herança genética. Pesquisadores afirmam que os genes desempenham papel primordial na duração de nossas vidas. E, nesse caso, só nos resta a sorte.