Voltar

Estudo analisa efeitos colaterais das estatinas

Estudo recente capitaneado pelo Dr. Steven Nissen, da Cleveland Clinic, instituição referência para cardiologistas de todo o mundo, indica que as estatinas, usadas para baixar os índices do mau colesterol (LDL), podem causar dor muscular e fraqueza em cerca de 10% de seus usuários.

A porcentagem é importante, principalmente se considerarmos que a estatina é o medicamento mais usado no combate ao colesterol e que mais de 25 milhões de doentes no mundo a utilizam.

Para aqueles que sofrem dos efeitos colaterais descritos, a alternativa será a nova geração de drogas injetáveis redutoras do colesterol. Duas delas, o Repatha (Amgen) e o Praluent (Sanofi), já são comercializadas nos Estados Unidos e devem chegar ao Brasil no próximo ano.

Esses novos medicamentos no entanto têm seus inconvenientes. Em primeiro lugar, o custo. Nos Estados Unidos estima-se um gasto em torno de 14.000 dólares ao ano. Além disso, são drogas novas e muito poderosas - a redução do colesterol pode chegar a 50% - , para as quais a recomendação e o acompanhamento médicos são fundamentais. 

Fonte: https://consultqd.clevelandclinic.org/2016/04/gauss-3-yields-robust-evidence-muscle-related-statin-intolerance/