Voltar

Fim de ano e rotinas pesadas

A partir do mês de outubro, há uma sensação no ar de que o final do ano está por aí, mas em vez de ficarmos contentes com o que já realizamos, e assim diminuirmos o trabalho, aumentamos a carga e nos estressamos.

O que fica claro é que a ansiedade aumenta e as pessoas ficam irritadas, mau humoradas, cada vez mais cansadas. Não adianta reclamar, o ideal é tomar algumas atitudes para aliviar as tensões. Procure aproveitar o tempo livre para uma atividade relaxante, massagens, exercícios e happy hour sem assuntos de trabalho. Evite prazos curtos, negocie prazos para o próximo ano e não tente terminar tudo este ano. Nesta época de cobranças e tensões, crie espaços curtos de interrupção do trabalho, uma parada de minutos para conversar, tomar um café e falar de amenidades. Não entre na ansiedade alheia, não participe das discussões que não levam a nada, evite os desgastes pessoais: não entre na pilha. Dessa forma, não esqueça que o fim de ano não é o fim do mundo, tudo passa, tudo continua e os problemas nunca acabam, são a fonte da vida.