Voltar

A indústria de combate ao envelhecimento

As cifras globais da indústria do combate ao envelhecimento já alcançam 200 bilhões de dólares e devem chegar a quase 280 bilhões até 2020. Os produtos para minimizar os efeitos do envelhecimento são os mais variados, como cremes, suplementos vitamínicos, botox, substâncias para o preenchimento das marcas da pele, medicações, entre outros. 

O problema é que qualquer esperança científica vira uma vaidade, um negócio e passa a ser mais uma fonte da juventude. As novidades como o hormônio de crescimento e o resveratrol (das cascas de uvas escuras) são ainda promessas sem definições científicas adequadas. 

A proposta correta seria entender o processo do envelhecimento e assim conseguir métodos de retardá-lo e evitar algumas doenças crônicas, como o câncer, a diabetes, a pressão alta e o Alzheimer.