Voltar

Dietas e modo de vida

A palavra dieta, originária do grego, não significa restrição de alimentos, mas sim “modo de vida”. Assim sendo, não adianta perder tempo com os modismos: se nos lembrarmos de quantas novas dietas já foram consideradas milagrosas, vamos perder a conta.

Depois dessas experiências não há dúvida que perder peso requer muito exercício regular, alimentação balanceada e muita, muita paciência. As pessoas muito ansiosas devem procurar ajuda de especialistas, pois apresentam pouca disciplina e descontam a tensão na quantidade exagerada e na qualidade inadequada. Quem tem facilidade para engordar deve travar uma batalha diária, pois os deslizes aumentam o peso rapidamente. O metabolismo (reações químicas do corpo) mais devagar deve ser acelerado pelos exercícios físicos, já que a alternativa, as medicações, são muito agressivas. As pessoas com mais idade vão perceber que a queima de calorias é mais lenta e o ritmo de exercícios menor. Desta forma, a ideia é aumentar a atividade física (pilates, RPG, pesos), para diminuir a perda de força muscular, e manter uma alimentação com maior número de refeições e com mais substâncias nutritivas, devendo ser evitada a comida industralizada.