Voltar

Estresse X finanças

Uma pesquisa americana trouxe informações interessantes sobre as instabilidades do mercado financeiro e o comportamento dos agentes que trabalham nesse campo. O chamado estresse — consistente numa reação normal do organismo, que libera dois hormônios, adrenalina e cortisol, nas situações de tensão ou emergência — nos momentos de volatilidade do mercado toma conta dos operadores, deixando-os ansiosos e inseguros, refletindo na queda da vontade de arriscar nos negócios.

Desta forma, o trabalho mostrou que o estresse mudou o comportamento dos indivíduos quando enfrentam situações de risco e volatilidade financeira, ao evitarem posições que poderiam ser interessantes. A pesquisa também sugere que estas situações estressantes podem prolongar crises, pois os operadores não conseguem ficar “tranquilos” nos momentos de turbulência.