Voltar

Novo tratamento da pressão alta

A hipertensão arterial é uma doença grave quando não controlada, podendo aumentar o risco de infarto do miocárdio ou de acidente vascular cerebral (derrame).

As pessoas que não respondem ao tratamento medicamentoso habitual têm assim um risco muito maior de eventos cardiovasculares. Nos Estados Unidos, 10% dos quase 70 milhões de hipertensos têm resistência a medicação.

A nova proposta para estes pacientes é a denervação renal, isto é, através de uma técnica de energia de radiofrequência, elimina-se a função dos nervos das artérias renais. Este procedimento, considerado seguro, reduz a pressão sistólica em 30 milímetros de mercúrio. O procedimento já está aprovado em mais de 80 países e já foi realizado em milhares de pacientes, com resultados muito promissores.