Voltar

Analgésico como droga

A utilização de drogas analgésicas tem aumentado no mundo inteiro, tornando-se uma febre, principalmente nos Estados Unidos.

As estatísticas mostram que o número de receitas do analgésico EEUU triplicaram nas últimas décadas. Este tipo de droga pode ser conseguido sem receituário, por exemplo o ibuprofeno, o paracetamol e outras mais potentes, como a oxicodona. O problema é que estas drogas podem levar a dependência e trazer prejuízos para o organismo, podendo ser mesmo fatais.

Os anti-inflamatórios não hormonais são utilizados em larga escala (ex.: ibuprofeno, diclofenaco) e as quantidades são exageradas. As dores crônicas, como as de coluna, as articulações, a fibromialgia são combatidas com analgésicos e anti-inflamatórios que, por vezes, são tomados em exagero e numa frequência maior do que se deveria. Desta forma, o que se recomenda é que a utilização destas medicações tenham orientação médica e não seja feita fora da prescrição adequada.