Voltar

Demências vasculares e Mal de Alzheimer

As confusões mentais nos idosos preocupam muito os familiares, pois podem sugerir a presença das demências ou, em até 50% dos casos, o Mal de Alzheimer. As demências vasculares são muito comuns no Brasil e em outros países emergentes, pois as causas são as mesmas das doenças cardiovasculares. O diabetes, a obesidade, a vida sedentária, o colesterol alto no sangue, o tabagismo e a pressão alta, entre outros fatores de risco, podem levar às demências vasculares.

O Mal de Alzheimer é muito prevalente nos idosos e se inicia com alterações de memória, evoluindo posteriormente para alterações do comportamento e incapacidade de realizar tarefas do dia a dia.

A possibilidade atual para evitar as demências é a prevenção, pois não há tratamentos efetivos e capazes de reverter os quadros já instalados. A substituição de áreas cerebrais por placas de uma substância sem função parece irreversível e sem tratamento. O importante é o diagnóstico precoce para tentar interromper o processo ou suavizar suas consequências.