Voltar

O chocolate pode ser nutritivo ou só traz satisfação?

Os nutricionistas destacam as propriedades alimentares do chocolate, como possuir vitaminas (A, B, C e D) e minerais (potássio, sódio, ferro e flúor), além de aumentar a produção de serotonina no cérebro. Este hormônio é responsável pela sensação de bem estar, diminuindo a ansiedade e auxiliando a diminuir a depressão. O chocolate também possui a feniletilamina, conhecida como o hormônio liberado nas paixões. O chocolate amargo, sem gorduras do leite e feito de cacau puro possui flavonóides e antioxidantes que protegem das doenças do coração.

Agora não se iludam achando que o chocolate é a solução dos problemas nutritivos e emocionais, pois o chocolate mais gostoso é aquele com muita gordura saturada e açúcar, os quais não são tão benéficos assim.

É preciso cuidado com o chocolate devido às gorduras do leite (aumentam o colesterol) e também lembrar que ele é muito energético (muitas calorias) pois possui muito açúcar.

Os especialistas também confirmam que o chocolate participa da produção dos neurotransmissores que melhoram o humor e a alegria. Assim, embora não possua nenhuma substância que vicie, o chocolate traz muita satisfação, tem uma textura muito boa (gordura e açúcar) e até o aroma é gostoso, podendo desencadear desejos de comer sempre mais.

Fique atento à quantidade, ao tipo e aproveite as qualidades do tão gostoso chocolate.