Voltar

Calvície e impotência

Os homens que observaram seus pais carecas já sabiam que haviam recebido a alteração genética que afina os fios de cabelo, fazendo-os cair. O responsável por esta ação é o hormônio DHT (dihidrotestosterona), que é fabricado a partir da testosterona e também participa na estimulação sexual. Outros fatores de risco para calvície também podem contribuir, como oleosidade, medicações para colesterol e pressão alta.

Os tratamentos locais para a calvície de base genética não são muito eficientes, assim a possibilidade de se usar o medicamento finasterida foi uma alternativa atraente.

O que chamou a atenção nestes últimos trabalhos foi a possibilidade da finesterida, quando utilizada por muito tempo, levar à impotência. Esta droga inibe o DHT, hormônio responsável pela perda dos cabelos e também por parte da estimulação sexual. O que o trabalho mostrou foi que ao interrompermos a droga o paciente levou muito tempo para recuperar a libido.

Desta forma, o dilema está claro: impotência ou calvície, o que é pior?