Voltar

Desafios para a longevidade

As perspectivas para o crescimento da população idosa são grandiosas, pois em 20 anos teremos mais de 30 milhões de indivíduos com idade acima de 60 anos. Desta forma, aumentam as preocupações sobre como fazer a prevenção e cuidar das doenças crônicas que irão acometer-nos no futuro.

A preocupação com os fatores de risco para estas doenças deve ser o nosso desafio, tanto dos pacientes como dos médicos. É preciso cuidar do peso corporal, pois a obesidade facilita o diabetes, a pressão alta e as doenças cardiovasculares. A atividade passa a ser fundamental para manter o peso, a segurança da postura e do andar e evitar as doenças respiratórias.

Os diagnósticos precoces de doenças como câncer, por exemplo, evitam as complicações futuras, em geral graves e debilitantes. Não há dúvida de que o envelhecimento saudável requer muitos cuidados, pois vamos precisar cada vez mais dos sentidos aguçados (visão, audição, etc.) e dos dentes afiados.

Faça uma programação de vida para preparar-se para o envelhecimento: procure um clínico para fazer um bom check-up anual. Após isso inicie uma atividade física adequada e regular, aproveite para discutir um cardápio com a nutricionista e, se necessário, inclua exercícios de postura, como Pilates e RPG.

Se viver mais é inexorável, vamos viver com qualidade!