Voltar

Resistência e Resiliência

As nossas dificuldades diárias, sejam conjugais ou profissionais, obrigam-nos a criar mecanismos de defesa que não nos permitam adoecer. O “stress positivo” estimula-nos a realizar as ações que visam um objetivo adequado, diferentemente do “stress negativo”, sem objetivo, que quando se torna crônico pode levar-nos à doença.

O que as pesquisas estão mostrando é que quanto mais enfrentamos situações traumáticas (acidentes, mortes de familiares, separação, assaltos ou violência), vamos tornando-nos mais resistentes. A palavra resiliência seria mais adequada para definir esta energia que tiramos das dificuldades. Este termo da física reflete a capacidade de um material deformado de voltar ao estado inicial após forte pressão. “Entortar mas não quebrar”.

O conceito visa mostrar que podemos ganhar força com as situações de tensão e enfrentar melhor as dificuldades. Desta forma, ganhamos autoestima, força, jogo de cintura, determinação — estas são as propriedades da resiliência.