Voltar

A importância do estresse para as doenças

Não há dúvida de que há uma correlação entre doenças e a presença do estresse. Um estudo realizado na Austrália identificou o hormônio neuropeptídio Y (NPY), produzido pelo próprio organismo, como responsável por diminuir a ação do sistema imunológico e, consequentemente, levar ao surgimento de doenças. Os órgãos mais afetados são, em geral, o coração, o intestino e o aparelho digestivo, que são considerados os órgãos de choque, por somatizarem os problemas emocionais.

A descoberta confirma para os profissionais médicos e terapeutas que a presença do hormônio NPY pode modificar a pressão arterial e trazer problemas cardíacos. O mais importante ainda é a prevenção e a mudança de hábitos.

As medicações são muito eficientes, mas buscar formas de relaxar muito, como a ioga e a meditação, traz tanto benefício quanto a própria medicação. A somatização é a alternativa para a mente que sofre com as situações emocionais.