Voltar

Reduzir o sal da dieta continua sendo muito saudável

Um estudo recente publicado na revista New England Journal of Medicine confirmou que a antiga recomendação de se diminuir o sal da dieta continua sendo extremamente importante. O trabalho mostra que reduzir o consumo de sal é tão importante para o coração quanto parar de fumar, diminuir o colesterol e perder peso.

A observação da quantidade de sal presente nos alimentos não é um hábito dos indivíduos no Brasil, e além disso, o sódio está presente nos conservantes e em alguns adoçantes. A maior preocupação com o sal está nos pacientes com predisposição à hipertensão arterial, pois estes podem sofrer mais infartos e derrames (AVC).

A pressão alta atinge um em cada 4 brasileiros e, no grupo dos idosos, alcança mais de 60%. Estes pacientes são obrigados a tomar mais de uma medicação diária para reduzir a pressão arterial.

Na alimentação diária, conforme recomendação da organização mundial de saúde, só deveríamos utilizar 6 gramas (uma colher de chá). Desta forma, os indivíduos com história de pressão alta na família devem ficar atentos com a quantidade de ingestão de sal na alimentação e com sintomas como dor de cabeça, sensação de tonturas e perda de equilíbrio. A pressão alta de nível leve a moderado pode ser controlada com apenas bons hábitos alimentares (redução de sal), exercícios regulares e muito, muito relaxamento!