Voltar

Alimentação protegendo a vida

As refeições já são consideradas vitais para a preservação da qualidade de vida e do bem estar orgânico. A novidade é que muitas das doenças crônicas podem ser evitadas se, na nossa dieta, conseguirmos utilizar substâncias bioativas capazes de estimular efeitos positivos no organismo. As chamadas doenças crônico-degenerativas estão sendo consideradas uma grande epidemia, que promove um envelhecimento pouco saudável e com repercussões orgânicas graves. Desta forma, podemos tentar incluir na nossa dieta substâncias que contribuem para a proteção do nosso corpo. Assim, aqui vão algumas sugestões:

  • os peixes das águas profundas e geladas apresentam grandes quantidades dos ácidos graxos ômega-3, com grande poder antioxidante, capaz de diminuir a inflamação e o depósito de gorduras nas artérias. Esses ácidos graxos também têm uma ação muito ativa no cérebro, pois facilitam a comunicação entre os neurônios;
  • o azeite de oliva extra virgem é rico em boas gorduras (monoinsaturadas), que diminuem o colesterol ruim (LDL), prevenindo a obstrução das artérias e evitando o infarto do miocárdio e o derrame.

Os cuidados alimentares são fundamentais nos dias de hoje, pois podem evitar que substâncias dos alimentos muito agressivas ao organismo como gorduras, frituras, sal e açúcar em excesso e defumados tragam prejuízo ao nosso organismo.