Voltar

Qualidade de vida ou dinheiro

A história é antiga, dinheiro traz felicidade ou não?

-A discussão persiste, pois nem sempre muito dinheiro é a chave para uma vida feliz e com qualidade.

Não há dúvida de que as pessoas que alcançam um bom salário, uma vida tranquila, podem ter mais facilidade para alcançar a qualidade de vida e a felicidade. De acordo com os estudos atuais, se o indivíduo tem uma vida amena, sem desejos impossíveis, ter muito ou pouco dinheiro não é importante. Os executivos que com grandes salários vivem enfiados nos escritórios, sem lazer e sem família, sem tempo para nada, são mais infelizes. De qualquer forma as sugestões para conseguirmos qualidade de vida são bastante conhecidas, mas não custa relembrar. Não enfrente desafios maiores do que você pode conseguir gerenciar, controle os impulsos e os desejos exagerados.

Não acredite que a vida é só trabalho, procure buscar mais tempo para fazer coisas que você gosta. O indivíduo que consegue equilibrar trabalho, família, atividades sociais e lazer, vive mais e melhor. Planeje a sua vida e pense no futuro sem ficar escravo da poupança. Não há duvida que precisamos buscar mais tempo e não só mais dinheiro, pois, em geral, não teremos tempo para gastá-lo em momentos de lazer. Busque algo além do trabalho, responsabilidades e agenda completa.

Enfim, melhor a qualidade de vida do que muito dinheiro.