Voltar

Use o tranquilizante natural: chorar

As dificuldades emocionais geradas desde a infância nos homens devido às cobranças para uma postura viril tipo “homem não chora” podem ter contribuído  para privá-los de um prazer relaxante que é chorar. As mulheres, sempre mais sensíveis, não se sentem menos mulheres porque choram e já curtem o relaxamento desde pequenas. Esta sensação é desencadeada por momentos emocionais que sensibilizam  o nosso cérebro a liberar os neurotransmissores: estes transmitem as informações para as áreas que controlam as glândulas lacrimais que desencadeiam o choro.

Os hormônios liberados têm a capacidade de nos anestesiar para as dores mais intensas (uma morfina natural) e também podem nos deixar aliviados das sensações estressantes. A prolactina, um hormônio fabricado mais pelas mulheres do que pelos homens, fabricada quando aumenta a tensão, traz as emoções “à flor da pele” e quando é liberada, após o chorar, alivia o excesso de tensão acumulado.

Desta forma, sem exageros, chorar pode ser um relaxante natural e pode traduzir a emoção em gotas, porém nem sempre o indivíduo se dá conta do sentimento envolvido. As pessoas que percebem o choro muito fácil, por situações banais, podem estar iniciando um processo de depressão e assim devem procurar um especialista da área psi (psicanalistas e psiquiatras).

Companheiros, relaxem, não se reprimam, chorar pode ser uma atitude masculina saudável pois as emoções contidas se transformam em doenças (pressão alta, úlceras e gastrites).