Voltar

Qualidade de vida é mais que do que fazer dieta e exercícios

Quando nos propomos a melhorar nossa qualidade de vida não devemos imaginar que é só começar uma dieta ou uma atividade física. O conceito de qualidade de vida inclui detectar nossos pontos fracos e fortes, e desenvolver um projeto de vida.

As mudanças nos hábitos alimentares, tendo preocupação em selecionar os alimentos e comer nos horários adequados, deixar de fumar e fazer exercícios frequentemente, é tudo muito importante, mas deve ser complementado com uma mudança na postura perante a vida.

A capacidade de colaboração, a manutenção de uma relação afetiva, a compreensão dos problemas são fatores tão importantes como as mudanças de hábito. O indivíduo deve conhecer a sua capacidade de enfrentar os desafios, pois se houver uma desproporção entre o tamanho dos desafios e seu potencial, poderá surgir o estresse, e assim as dificuldades para vencer o desafio serão insuperáveis.

As dificuldades do excesso de trabalho, a desconfiança das pessoas que o cercam e a falta de reconhecimento por parte dos grupos de que participa são fatores altamente estressantes e não permitem uma boa qualidade de vida.

Devemos buscar uma integração entre os fatores orgânicos, os psicológicos (maturidade, autoestima) e os de relacionamentos interpessoais. Preste atenção na sua forma de viver, trabalho, vida conjugal, amigos, observe se tem alcançado satisfação. Disso depende a qualidade de vida.