Voltar

Diabetes tipo 2: o que fazer?

A diabetes tipo 2 aparece pela incapacidade do organismo em processar a insulina produzida pelo pâncreas. Com esta resistência à insulina, há um aumento permanente do nível de açúcar (glicose) no sangue. O importante é que existem várias abordagens para o tratamento do diabetes tipo 2, que podem diminuir o prejuízo corporal desta doença.

A primeira recomendação é a combinação de dieta e exercícios, pois isto pode, no início, evitar a utilização de medicamentos. As medicações são muito eficientes, podendo ajudar no metabolismo do açúcar, facilitando sua absorção. As medicações por via oral não apresentam muitos efeitos colaterais e, quando associadas, podem potencializar suas ações benéficas. Nas situações onde só as medicações orais não resolvem, podemos utilizar a insulina, que atualmente é de aplicação fácil e com muita eficiência no controle do açúcar.

O tratamento ambulatorial do Diabetes permite controle da glicemia, evitando as repercussões graves da doença no sistema cardiovascular.

Não hesite em procurar o endocrinologista para uma orientação especializada.