Voltar

Cefaleia ou enxaqueca? Eis a questão!

A cefaleia é a chamada dor de cabeça, cujos motivos podem ser os mais variados, desde um exagero alimentar até uma crise de pressão alta.

Já a enxaqueca é um tipo de dor de cabeça com características típicas, com causa desconhecida, comum em algumas famílias e mais nas mulheres. Os sintomas que acompanham a enxaqueca são:

  • náuseas;

  • vômitos;

  • fotofobia (que é não suportar a luz);

  • tonturas;

  • alterações visuais;

  • formigamento em partes do corpo.

A dor de cabeça da enxaqueca ocorre em geral só de um lado e tem caráter latejante.  A enxaqueca é genética e várias causas podem precipitá-la, como:

  • estresse;

  • hábitos alimentares (chocolate, álcool e alguns queijos);

  • insônia, entre outros.

As crises podem durar de 1 a 3 dias e melhoram com ambiente tranquilo, sem luz e barulho, e medicação específica.  Os analgésicos nem sempre resolvem as crises e a orientação médica é essencial.

Não é necessário realizar exames sofisticados quando o diagnóstico da enxaqueca já foi feito, e o melhor a fazer é o tratamento adequado, que às vezes pode durar até 6 meses. A Homeopatia pode ser uma alternativa para as pessoas que não gostam de tomar medicação.

 A psicoterapia e a acupuntura podem colaborar, mas o mais importante é detectar os fatores desencadeantes, pois assim fica mais fácil evitá-los e administrar a doença.