Voltar

Obesidade nos jovens já é uma epidemia

Um estudo publicado numa das revistas médicas de maior impacto internacional, The New England Journal of Medicine, mostrou que nos próximos 30 anos serão adicionados mais 100 mil casos de doenças do coração na estatística mundial, devido à obesidade infantil.

O que mais nos chama a atenção é que os jovens desenvolvem os maus hábitos alimentares desde a infância e não conseguem mais comer saudavelmente. A observação dos estudos atuais é que estes jovens funcionam do ponto de vista das doenças cardiovasculares como adultos de meia idade. Os exames de laboratório destes garotos mostram níveis altos de açúcar, triglicérides e colesterol no sangue como nos adultos doentes do coração.

A análise através do ultrassom das artérias carótidas (aquelas que levam sangue da artéria aorta para o cérebro) para avaliar a espessura dos referidos vasos mostrou que os jovens apresentavam espessura semelhante aos adultos. Desta forma observamos que o “filme está passando cada vez mais depressa”, isto é, as doenças antigamente comuns nos idosos já estão presentes nos adultos, e as que eram comuns nos adultos já acometem os jovens.

A falta de cuidados alimentares, da atividade física regular e dos cuidados com a vida emocional é cada vez mais precoce e já atinge as crianças pequenas. Nós, os pais e responsáveis, devemos dar o exemplo de uma vida saudável. Qualidade de vida é para toda a vida.