Voltar

A tensão pré-menstrual

Um estudo norte-americano confirmou que a tensão pré-menstrual, a chamada TPM, tem origem nas variações hormonais da mulher e não seria só um distúrbio psicológico.

A revista americana “The New England Journal of Medicine” publicou o artigo afirmando que a tensão pré-menstrual atinge somente as mulheres em idade fértil, isto é, que produzem óvulos, e somente 2,5% delas apresentam sintomas graves de TPM. Não há duvidas que estas mulheres são mais sensíveis às variações de estrogênio e progesterona produzidos pelos ovários.

Os sintomas são divididos em fisiológicos e emocionais:

  • os principais fisiológicos são o inchaço das mamas e pernas devido ao acúmulo de sódio, o aumento do volume do abdome e a subida da pressão arterial.

  • As alterações psicológicas são a depressão, a ansiedade e a irritabilidade. A intensidade dos sintomas varia de mulher para mulher, e surgem após a ovulação. 

O estudo demonstrou que as variações dos hormônios, principalmente o aumento da taxa de estrogênios, favorecem o aparecimento dos sintomas da tensão pré-menstrual.

As medicações para evitar a tensão pré-menstrual ainda não são tão eficientes e um grupo de mulheres sofre com os sintomas pré-menstruais.

Caros leitores, não é preciso perder a calma, pois o período, em geral, é curto!