Voltar

Memória e cuidados com a saúde! Qual a relação?

A memória, bem como o raciocínio e a visão, estabilizam após a 3ª e 4ª década de vida e ficam quase idênticas até os 60 anos. As respostas podem ficar mais lentas mas estas habilidades se mantêm estáveis. Daí para a frente tudo vai depender de alguns cuidados que tivemos durante a vida e que puderam ajudar a manter a memória.

  • Cuidar dos nossos vasos evitando que as gorduras dificultem a circulação é fundamental;

  • Exercícios e colesterol baixo ajudam a oxigenação do cérebro e promovem novas associações entre os neurônios, facilitando e preservando a atividade mental;

  • Boa dieta, lazer adequado (leitura, cinema, etc.), estímulos da atividade intelectual (voltar a estudar, aprender novas línguas, etc.) e muita atividade física nos deixam com a memória ativa.

  • Depressão, estresse emocional, falta de sono dificultam a memorização, reduzem a concentração e pioram a qualidade de vida.

  • O abuso de carnes, frituras, álcool e de medicações para dormir são muito agressivos para a memória.

Não há dúvida que a diminuição da memória é inexorável, mas podemos contribuir para retardá-la.