Voltar

Atenção para o mau-humor! Pode estar escondendo a depressão

A chamada distimia ou doença do mau-humor está atingindo 3% da população mundial e muitas pessoas não percebem que estão doentes. Os sintomas são vários e os que chamam mais a atenção são:

  • irritabilidade fácil;

  • baixa autoestima;

  • cansaço crônico;

  • tendência ao isolamento;

  • emagrecimento;

  • agressividade;

  • dificuldade para dormir.

Os sintomas devem estar presentes durante um período longo (anos) pois não pode ser confundido com um período difícil profissional ou pessoal. A distimia é provocada por características genéticas, psicológicas e ambientais. As substâncias envolvidas nos processos de transmissão cerebral dos processos emocionais ficam alteradas, como a serotonina e a noradrenalina. Os sintomas corporais são muito frequentes, como dores nas costas, de cabeça (enxaqueca), abdominais, e até alterações na pressão arterial. Uma observação importante é que a distimia pode predispor à depressão. 

Organização Mundial da Saúde descreve que 70% dos adultos com depressão tiveram distimia na infância ou adolescência. Desta forma, observar as modificações do humor e procurar ajuda especializada quando as dificuldades forem persistentes são as orientações para evitar processos mentais mais graves tanto nos adultos como nos jovens.